quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Bittencourt Project: Mais Que Um Show, Uma Viagem!


Desde criança, motivado pela música e pela cultura em geral,através do ambiente familiar, Rafael Bittencourt sempre foi sinônimo de ousadia e criatividade, que a três décadas de carreira, até chegar ao seu maior patamar com o Angra, mostrou-se endiabrado pela guitarra, carregando o popular reconhecimento diante do Rock/Heavy Metal (passando por outras virtudes musicais) e nunca deixando esconder sua genialidade como compositor, que é uma de suas principais posses como músico. Ainda almejando objetivos, eis que Rafael realiza mais um sonho, lançando o primeiro DVD ao vivo do seu projeto solo, BITTENCOURT PROJECT, “Live Brainworms In Brazil”.

Gravado no dia 13 de janeiro (2016), no Café Piu Piu (SP), é fruto da aproximação que o Rafael possui junto aos fãs, experimentando a força de cada um por meio do ‘crowdfunding’, junto também pela lei de incentivo do PROAC (Secretaria da Cultura de São Paulo) e com patrocínio da Sociedade da Cerveja, delongando certo tempo pra que tudo ficasse do jeito que muitos esperavam, ou seja, grande produção e qualidade musical ímpar. E o resultado não deixou nada a desejar, pois aqui há um material muito proveitoso e rico, dando o prazer de se deleitar com uma genuína performance ao vivo, um show intimista e divertido, recordando, aos que estiveram presentes no dia, o momento histórico de um dos ícones do Heavy Metal nacional.


As imagens, captadas em alta definição, não deixam escapar nenhum detalhe da apresentação, várias câmeras distribuídas por diferentes ângulos, e eximia produção sonora, acaudilhada pelo Rafael e pelo produtor Oscar Gonzáles, responsável pela mixagem e masterização, não deixando protelar a exaltação do público. A capa exibe o lado mais espiritual do Rafael, "decorada" de forma minuciosa com fotografias de cada pessoa que colaborou no financiamento coletivo. 

Atentando-se ao show, percebemos que as ideias do Rafael ultrapassam divisas, não precisando de muito para que o espetáculo se torne uma verdadeira mágica. E como ele está cantando! Ano após ano, o seu desempenho vocal cresce de forma absurda! E não poderiamos deixar de focalizar os seus músicos apoio: Amon Lima (Violino), Fernando Nunes (Baixo), Marcell Cardoso (Bateria), Nei Medeiros (Teclados) e Wellington Sancho (Percussão), incumbindo à apresentação uma qualidade instrumental beirando a perfeição.

O repertório é dedicado somente às faixas do “Brainworms I” (2008), exceção da música “Primeiro Amor”, que não esteve presente no set. A instrumental “Comendo Melancia” abre o concerto tendo a participação do Núcleo 7 Esferas, com uma “Chinese Lion Dance” no centro do palco e do Rafael Bittencourt Street Team, que puderam ver, especialmente, esse primeiro momento de maneira exclusiva. Após isso, Rafael dá suas saudações, convidando-os para se deliciarem na viagem que iria começar a partir dali, autorizando a abrir os portões pra que todos entrassem, agradecendo a presença de todos, pregando sobre motivação e alma, que é o que retrata a “Dedicate My Soul”.


Depois de falar sobre alma, dedicação e de melancia, é hora de falar da emoção em “Holding Back The Fire”, que tem suas raias melódicas, mas que explode com feitios cristalinos. Confiando no destino, “Torment Of Fate” abrange passagens de música latina de inicio, com o Rafael exibindo suas habilidades no “tango”, espantando todos com os riffs cadenciados. Partindo pras dificuldades do amor, tendo um lado negro, é chegada a  vez da balada “The Dark Side Of Fate”, com a participação do Alirio Netto, acrescentando mais emoção à canção com a sua voz.

Olhando para o lado negro, de forma diferente, encontramos um caminho mais fácil pra perdoar o outro, entendimento esse que está na pesada “The Underworld”. Prontificando uma viagem intensa, a próxima faixa, “Nightfly”, é uma das mais significativas do Rafael, que fala sobre sua infância. Apesar de longa, ela é bem recebida pelo público, com todos cantando os principais versos. “Faded”, trabalhada em harmonias minuciosas, demonstra que não há culpados quando morre o amor. 

“Santa Teresa” possui o lado folclórico, com o Rafael entojando requintes acordes na viola caipira e usando um chapéu pra lá de ilustre, o qual ganhou de um fã, seguida, sem meias palavras, da assombrosa “O Pastor”, que tem Felipe Andreoli no baixo. Com o Rafael usando a camiseta do estado de Pernambuco e um chapéu de cangaceiro, e o restante dos músicos com chapeis diferentes, “Nacib Véio” encerra o show de um jeito humorado, tendo a participação do Marcello Pompeu (KORZUS).


De bônus, há uma versão bem interessante de “War Pigs” (BLACK SABBATH), adicionado por acordes de viola caipira e a letra totalmente cantada em português, com participação do guitarrista Michel Leme, do baterista Ricardo Confessori e do baixista Fabio Zaganin, e esta é marcada pela graça do Rafael, brincando com um cavalo de madeira, recitando um pequeno poema de um sujeito que vive no sertão. E “O Calibre”, composta originalmente pelo Os Paralamas do Sucesso, é uma homenagem ao Rock nacional, reelaborada com uma versão mais pesada e técnica, comandado por Felipe Andreoli (Baixo), Bruno Valverde (Bateria) e Edu Ardanuy (Guitarra).

Os extras mostram os bastidores e todos os preparativos da apresentação, além do rápido vídeo com Rafael explicando os aspectos de cada equipamento que usou no dia do show.
É certeza que não da pra assistir só uma vez, e que poderia render mais que uma hora de história e música. Com certeza, “Live Brainworms In Brazil” se tornou um dos melhores DVDs Rock/Heavy Metal nacional, valendo muito a pena ter na sua videoteca básica.

Texto: Gabriel Arruda
Fotos: Divulgação
Edição/Revisão: Carlos Garcia

Ficha Técnica
Banda: Bittencourt Project
DVD: Live Brainworms In Brazil
Ano: 2017
País: Brasil
Gravadora: Independente



Formação
Rafael Bittencourt (Vocal/Guitarra)
Amon Lima (Violino)
Fernando Nunes (Baixo)
Marcell Cardoso (Bateria)
Nei Medeiros (Teclados)
Wellington Sancho (Percussão)

Set-List
1.    Comendo Melancia
2.    DedicateMy Soul
3.    Holding Back The Fire
4.    TormenteOfFate
5.    The DarkSideOf Love (feat. Alirio Netto)
6.    The Underworld
7.    Nightfly
8.    Faded
9.    Santa Teresa
10. O Pastor (feat. Felipe Andreoli)
11. NacibVéio (feat. Marcello Pompeu)

Bonus-Tracks
1.    War Pigs da Porteira (feat. Michel Leme, Fabio Zaganin, Ricardo Confessori)
2.    O Cálibre (feat. Felipe Andreoli, Bruno Valverde, Edu Ardanuy)

Contatos

   

2 comentários:

Dener Ariani/House of Bootleg disse...

Impecável.
Muito bem escrito e descrito.
Certamente quem ainda nao viu . Tera no minimo a curiosidade de ver de perto .
Parabéns Gabriel e equipe Road to Metal

Dener Ariani/House of Bootleg disse...

Impecável.
Muito bem escrito e descrito.
Certamente quem ainda nao viu . Tera no minimo a curiosidade de ver de perto .
Parabéns Gabriel e equipe Road to Metal